sábado, 2 de dezembro de 2017

microgestos

       





"Existem duas belezas que sustentam o mundo:a da misericórdia,que nos permite perdoar a nós mesmos e aos outros por nossas falhas demasiadamente humanas;e a da gentileza,sentimento arrendondado,despido de qualquer rispidez.Ambas nos dispõem para a vida,nos ligam às pessoas.E podem surgir em microgestos de cuidado..."
Ninacampos


-SÃO ESSAS BELEZAS QUE HOJE PERSIGO.
- SÃO ESSES OS MICROGESTOS QUE ME LIGAM Á VIDA.

MARIA NEUSA EM 2 DE DEZEMBRO DE 2017

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

CONVERSA SÉRIA





                      - Vovó,cadê sua mãe?
           - Minha mãe morreu.
           - Por quê?
           - Por que ficou velhinha,velhinha.
           - Como era o nome dela?
           - Neusa.
           - E o seu ,vovó, é Maria Neusa.
           - Sim,netinho. Mas dentro de você existem pedacinhos da minha mãe,de mim e de seu pai.Todos fazemos parte de você.
           - Não, vovó.Dentro de mim não.Não podemos comer pessoas!!!

                         Maria Neusa em junho de 2010

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

EU ME DEI BIS

E EU ME DEI BIS

     PERTENCIMENTO

 Olhos fechados,
   sentidos alertas!
   A mulher madura,
   que hoje sou,
   estende as mãos,
   que recebem as mãos
   de minha mãe:
   risonhas,
   fortes,
   enraivecidas,
   amargas,
   generosas, às vezes.
   Juntam-se às nossas mãos,
   as mãos de minha avó:
   tristes,
   infelizes,
   amorosas,
   corajosas,às vezes.
   Debaixo das águas
   límpidas e frias da cachoeira
   dançamos
   livres e conectadas.
   ( minha bisavó nos acolhe
     em sua energia e sorri)
   E através das nossas células
   e dos nossos sonhos compartilhados,
   usufruimos do conquistado.
   Somos eternas multiplicadoras
   do milagre do renascimento.

                                           Maria Neusa em abril de 2010

- Durante dois meses "o círculo de mulheres",a qual pertenço,trabalhou o genograma: cada uma mergulhou nas histórias das mães,avós,bisavós.Eis o exercício final: um poema,que reflete minhas descobertas: conexão,alegria,gratidão.E elas em mim,milagre sempre renovado.
                                          Maria Neusa em abril de 2010
maria neusa
Enviado por maria neusa em 26/07/2017

DESCOBERTA



                 A DOR É UM APRENDIZADO SOLITÁRIO
                 A RESILIÊNCIA NÃO.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

PALAVRAS QUE CURAM






                  OLÁ
                 TUDO BEM
                 MALAS PRONTAS?
                 QUANDO VOCÊ VEM??
                  TE ESPERO
                  TE AMO
                  SAUDADES DE VOCÊ.
                  AMIGOS...SEMPRE.

  MARIA NEUSA EM 23 DE JANEIRO DE 2017

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

O DESALENTO DO ANJO

Angelus Novus é uma aquarela do pintor suíço Paul Klee.Na pintura ,uma desajeitada figura angélica parece voar em marcha ré,com os olhos fixos no caminho que vai deixando para trás.
Walter Benjamim,filósofo alemão (1982 - 1940) escreveu sobre ela: " O anjo da história deve ter esse aspecto.Seu rosto está dirigido para o passado.Onde nós vemos uma cadeia de acontecimentos,ele vê uma catástrofe única,que acumula incansavelmente ruína sobre ruína e as dispersa a nossos pés.O anjo gostaria de deter-se para acordar os mortos e juntar os fragmentos.Mas uma tempestade sopra do paraíso e prende-se a suas asas com tanta força que ele não pode mais fechá-las.Essa tempestade o impele irresistivelmente para o futuro,ao qual ele vira as costas,enquanto o amontoado de ruínas cresce até o céu.Essa tempestade é o que chamamos de progresso."
Li essa reportagem na revista Vida Simples de dezembro/ 2010 e fiquei impressionada: escrita há mais de sessenta anos ela continua real: as ruínas da humanidade se acumulam muito e tanto ,que vai nos sufocar e extinguir.Não gosto de ficar de braços cruzados assistindo meu planeta ruir.Convido a todos para um reflexão: o que estou fazendo( ações) para impedir que isso aconteça? Eu tenho consciência da minha importância: meus pequenos gestos cotidianos de cuidado com meu meio ambiente e minha gentileza com o outro ser humano são escolhas.Eu as transformo em ferramentas de regeneração desse anjo desalentado: quero fazê-lo acreditar que é possível: vamos transmutar o caos em paraíso.AQUI E AGORA.

ESCREVI ESSE TEXTO HÁ CINCO ANOS E CONTINUA ATUAL.
ACREDITO NO SER HUMANO E SEI QUE AÇÕES SE TORNAM REALIDADE EM TODO MUNDO,BUSCANDO TRANSFORMAR O CAOS EM PAZ.
MARIA NEUSA GUADALUPE EM 2016

terça-feira, 22 de novembro de 2016

EMPRÉSTIMO







                   Vai menina, fecha os olhos. Solta os cabelos. Joga a vida. Como quem brinca somente. Vai, esquece do mundo. Molha os pés na poça. Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir. Não espere. Promessas, vão e vem. Planos, se desfazem. Regras, você as dita. Palavras, o vento leva. Distância, só existe pra quem quer. Os olhos se fecham um dia, pra sempre. E o que importa você sabe, menina. É o quão isso te faz sorrir. E só.

Caio Fernando Abreu

ELA LEU E RELEU.E MERGULHOU.

MARIA NEUSA EM 22 DE NOVEMBRO DE 2016
maria neusa e CAIO FERNANDO ABREU