sábado, 23 de junho de 2018

MINI CONTOS

 EXERCÍCIO DE CRIATIVIDADE...VAMOS?

1- Fome
    Éramos dois.Era um rio.Era uma manhã.Era uma procura vã.

2- Prateada
    Naquele país devastado,ela chegou,atravessando a manhã,presen-
teando os sobreviventes com água,comida e fé.

3-Viagens
   A folha era verde.O intruso também. E além das bordas,o inesperado
 naquela manhã.

4- Flash
    A neve sobrevoou Atacama no início da noite e registrou o estranho
fenômeno que se abria lentamente.

5- Mosaico
    Ela gostava de subir a escada e,ousada, escolher a aventura do dia.

6- Ponte
    Os fugitivos,perdidos na noite,escolhiam o mais fácil: o caminho
do meio.

7- Esconderijo
    A  pintora,assustada,desapareceu no agora,dentro.

8- Androginia
    Ele,ocre.Ela,azul.Juntos dançaram a alegria pelo salão iluminado
pela lua.

9- Veias abertas
    A mente lúcida fugiu das cercas durante a tempestade de ideias,
noturnas e vorazes.

10- Explosão
     Na minha pele,a tatuagem explodiu sangue e lágrimas.

11- Histeria
      Ruas escuras foram iluminadas pela risada histérica do homem
que cambaleava,atravessando a noite.

12- Susto
      A floresta misteriosa desperta as fadinhas noturnas,visitantes
assustadas diante do ogro.

13- Abismo
      Olho no espelho e vejo,no fundo do abismo,a luz da manhã manchada de lágrimas desesperançadas.

-maria neusa
em 22 de junho de 2018

DOCUMENTÁRIO; NOSTALGIA DA LUZ

1- MISTÉRIO

    somos
    luz
    escuridão
    presente
    passado
    futuro
    busca
    esperança
    resiliência
    ciclos
    vida
    pó de estrelas
    somos.

                     2- CRENÇA

     a dança do universo
     num círculo de luz
     e calor
     engole
     presente,passado,futuro
     nesse buraco negro
     teimamos
     em acreditar que
     renascemos,
     eternos.

maria neusa guadalupe
em 21 de junho de 2018
maria neusa

Enviar por e-mail
Denunciar

sábado, 2 de dezembro de 2017

microgestos

       





"Existem duas belezas que sustentam o mundo:a da misericórdia,que nos permite perdoar a nós mesmos e aos outros por nossas falhas demasiadamente humanas;e a da gentileza,sentimento arrendondado,despido de qualquer rispidez.Ambas nos dispõem para a vida,nos ligam às pessoas.E podem surgir em microgestos de cuidado..."
Ninacampos


-SÃO ESSAS BELEZAS QUE HOJE PERSIGO.
- SÃO ESSES OS MICROGESTOS QUE ME LIGAM Á VIDA.

MARIA NEUSA EM 2 DE DEZEMBRO DE 2017

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

CONVERSA SÉRIA





                      - Vovó,cadê sua mãe?
           - Minha mãe morreu.
           - Por quê?
           - Por que ficou velhinha,velhinha.
           - Como era o nome dela?
           - Neusa.
           - E o seu ,vovó, é Maria Neusa.
           - Sim,netinho. Mas dentro de você existem pedacinhos da minha mãe,de mim e de seu pai.Todos fazemos parte de você.
           - Não, vovó.Dentro de mim não.Não podemos comer pessoas!!!

                         Maria Neusa em junho de 2010

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

EU ME DEI BIS

E EU ME DEI BIS

     PERTENCIMENTO

 Olhos fechados,
   sentidos alertas!
   A mulher madura,
   que hoje sou,
   estende as mãos,
   que recebem as mãos
   de minha mãe:
   risonhas,
   fortes,
   enraivecidas,
   amargas,
   generosas, às vezes.
   Juntam-se às nossas mãos,
   as mãos de minha avó:
   tristes,
   infelizes,
   amorosas,
   corajosas,às vezes.
   Debaixo das águas
   límpidas e frias da cachoeira
   dançamos
   livres e conectadas.
   ( minha bisavó nos acolhe
     em sua energia e sorri)
   E através das nossas células
   e dos nossos sonhos compartilhados,
   usufruimos do conquistado.
   Somos eternas multiplicadoras
   do milagre do renascimento.

                                           Maria Neusa em abril de 2010

- Durante dois meses "o círculo de mulheres",a qual pertenço,trabalhou o genograma: cada uma mergulhou nas histórias das mães,avós,bisavós.Eis o exercício final: um poema,que reflete minhas descobertas: conexão,alegria,gratidão.E elas em mim,milagre sempre renovado.
                                          Maria Neusa em abril de 2010
maria neusa
Enviado por maria neusa em 26/07/2017

DESCOBERTA



                 A DOR É UM APRENDIZADO SOLITÁRIO
                 A RESILIÊNCIA NÃO.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

PALAVRAS QUE CURAM






                  OLÁ
                 TUDO BEM
                 MALAS PRONTAS?
                 QUANDO VOCÊ VEM??
                  TE ESPERO
                  TE AMO
                  SAUDADES DE VOCÊ.
                  AMIGOS...SEMPRE.

  MARIA NEUSA EM 23 DE JANEIRO DE 2017