quinta-feira, 14 de setembro de 2017

CONVERSA SÉRIA





                      - Vovó,cadê sua mãe?
           - Minha mãe morreu.
           - Por quê?
           - Por que ficou velhinha,velhinha.
           - Como era o nome dela?
           - Neusa.
           - E o seu ,vovó, é Maria Neusa.
           - Sim,netinho. Mas dentro de você existem pedacinhos da minha mãe,de mim e de seu pai.Todos fazemos parte de você.
           - Não, vovó.Dentro de mim não.Não podemos comer pessoas!!!

                         Maria Neusa em junho de 2010

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

EU ME DEI BIS

E EU ME DEI BIS

     PERTENCIMENTO

 Olhos fechados,
   sentidos alertas!
   A mulher madura,
   que hoje sou,
   estende as mãos,
   que recebem as mãos
   de minha mãe:
   risonhas,
   fortes,
   enraivecidas,
   amargas,
   generosas, às vezes.
   Juntam-se às nossas mãos,
   as mãos de minha avó:
   tristes,
   infelizes,
   amorosas,
   corajosas,às vezes.
   Debaixo das águas
   límpidas e frias da cachoeira
   dançamos
   livres e conectadas.
   ( minha bisavó nos acolhe
     em sua energia e sorri)
   E através das nossas células
   e dos nossos sonhos compartilhados,
   usufruimos do conquistado.
   Somos eternas multiplicadoras
   do milagre do renascimento.

                                           Maria Neusa em abril de 2010

- Durante dois meses "o círculo de mulheres",a qual pertenço,trabalhou o genograma: cada uma mergulhou nas histórias das mães,avós,bisavós.Eis o exercício final: um poema,que reflete minhas descobertas: conexão,alegria,gratidão.E elas em mim,milagre sempre renovado.
                                          Maria Neusa em abril de 2010
maria neusa
Enviado por maria neusa em 26/07/2017

DESCOBERTA



                 A DOR É UM APRENDIZADO SOLITÁRIO
                 A RESILIÊNCIA NÃO.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

PALAVRAS QUE CURAM






                  OLÁ
                 TUDO BEM
                 MALAS PRONTAS?
                 QUANDO VOCÊ VEM??
                  TE ESPERO
                  TE AMO
                  SAUDADES DE VOCÊ.
                  AMIGOS...SEMPRE.

  MARIA NEUSA EM 23 DE JANEIRO DE 2017