quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Abraçar-se!

( imagem:cuzeirosreveillon.com)

"Se o novo se faz advento em nossa vida espiritual, então com certeza teremos, sem milagres ou mágicas, um Feliz Ano-Novo, ainda que o mundo prossiga conflitivo; a crueldade, travestida de doces princípios; o ódio, disfarçado de discurso amoroso.
A diferença é que estaremos conscientes de que, para se ter um Feliz Ano-Novo, é preciso abraçar um processo ressurrecional: engravidar-se de si mesmo, virar-se pelo avesso e deixar o pessimismo para dias melhores."
-Frei Betto -

Para todas as minhas amigas e meus amigos leitores um 2012 de saúde,paz e sonhos,sempre!

sábado, 24 de dezembro de 2011

Desejando a vocês...

( imagem: esbocandoideias.com)

"NESTE NATAL CELEBRE O NOVO"!!!!

-Para meus amigos  e minhas amigas....beijos festivos da maria neusa

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Spinoza e Deus

( Imagem: vagnebittencourt.wordpress.com)


Deus , segundo Spinoza

"Para de ficar rezando e batendo o peito! O que eu quero que faças é
que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes,
cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti.

Para de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo
construíste e que acreditas ser a minha casa.

Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas
praias. Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti.

Para de me culpar da tua vida miserável: Eu nunca te disse que há algo
mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo
mau.

O sexo é um presente que Eu te dei e com o qual podes expressar teu
amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te
fizeram crer.

Para de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver
comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar de
teus amigos, nos olhos de teu filhinho... Não me encontrarás em nenhum
livro!

Confia em mim e deixa de me pedir. Tu vais me dizer como fazer meu trabalho?

Para de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me
irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor.

Para de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz... Eu te
enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de
necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio. Como posso te culpar
se respondes a algo que eu pus em ti? Como posso te castigar por seres
como és, se Eu sou quem te fez? Crês que eu poderia criar um lugar
para queimar a todos meus filhos que não se comportem bem, pelo resto
da eternidade? Que tipo de Deus pode fazer isso?

Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei; essas são
artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em
ti. Respeita teu próximo e não faças o que não queiras para ti. A
única coisa que te peço é que prestes atenção a tua vida, que teu
estado de alerta seja teu guia.

Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho, nem
um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso. Esta vida é o único que há
aqui e agora, e o único que precisas.

Eu te fiz absolutamente livre. Não há prêmios nem castigos. Não há
pecados nem virtudes. Ninguém leva um placar. Ninguém leva um
registro.

Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno.

Não te poderia dizer se há algo depois desta vida, mas posso te dar um
conselho. Vive como se não o houvesse. Como se esta fosse tua única
oportunidade de aproveitar, de amar, de existir. Assim, se não há
nada, terás aproveitado da oportunidade que te dei.

E se houver, tem certeza que Eu não vou te perguntar se foste
comportado ou não. Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te
divertiste... Do que mais gostaste? O que aprendeste?

Para de crer em mim - crer é supor, adivinhar, imaginar. Eu não quero
que acredites em mim. Quero que me sintas em ti. Quero que me sintas
em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando
acaricias teu cachorro, quando tomas banho no mar.

Para de louvar-me! Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que Eu seja?

Me aborrece que me louvem. Me cansa que agradeçam. Tu te sentes grato?
Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo.
Te sentes olhado, surpreendido?... Expressa tua alegria! Esse é o
jeito de me louvar.

Para de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te
ensinaram sobre mim. A única certeza é que tu estás aqui, que estás
vivo, e que este mundo está cheio de maravilhas. Para que precisas de
mais milagres? Para que tantas explicações?

Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro... aí é que
estou, batendo em ti."

Baruch Spinoza.
_AMÉM!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Registro

( imagem:jessica-menezes.blogspot.com)


"Sonhei um livro sem limites,
Um livro irrestrito,
As folhas espallhadas em fantástica abundância.

Em cada linha um novo horizonte,
Novos céus imaginados,
Novos estados,novas almas.

Uma dessas almas,
A cochilar em alguma tarde fictícia,
Sonhou estas palavras.
E na falta de uma mão que as registrasse,
Usou a minha."

-Clive Barker -

Uma mão emprestada para um novo registro.E de mão em mão um novo mundo se faz.
E eu,leitora incansável,assino embaixo.

sábado, 17 de dezembro de 2011

Justiça seja feita

( imagem:saladosescritores.blogspot.com.br)

" Sou capaz para o ilegal,
o imoral
e o insano.
Só não me sinto capaz para o injusto."

-Nestes dias de consumismo desenfreado e quase imperdoável,eu paro.E pergunto: tem como voltarmos
há cem anos? Solidariedade,cuidado,amizade,honestidade,simplicidade- onde tudo isso foi escondido?

domingo, 11 de dezembro de 2011

O anjo bom

( imagem: mensagensdobem.com.br)

EL ÁNGEL BUENO

Vino el que yo quería,
el que yo llamaba.

No aquel que barre cielos sin defensas,
luceros sin cabañas,
lunas sin patria,
nieves.
Nieves de esas caídas de una mano,
un nombre,
un sueño,
una frente.

No aquel que a sus cabellos
ató la muerte.

El que yo quería.

Sin arañar los aires,
sin herir hojas ni mover cristales.

Aquel que a sus cabellos
ató el silencio.

Para, sin lastimarme,
cavar una ribera de luz dulce en mi pecho
y hacerme el alma navegable.

Rafael Alberti,
in Sobre los Ángeles, ed. Alianza Losada

Arrisco a tradução:

O ANJO BOM

Veio o que eu queria,
o que eu chamava,

Não aquele que varre os céus sem defesas,
estrelas sem cabanas,
luas sem pátria,
neve.
Neve como essa que cai de uma das mãos,
um nome,
um sonho,
uma fronte.

Não aquele que aos seus cabelos
enlaçou a morte.

O que eu queria.

Sem arranhar os ares,
sem ferir folhas nem mover vidros.

Aquele que aos seus cabelos
enlaçou o silêncio.

Para, sem ferir-me,
cavar uma margem de luz doce em meu peito
e tornar minha alma navegável.
( tradução de Roseana Murray)

-Hoje pela manhã não consegui postar aqui.Me desesperei!Mexi e remexi.No final,rezei e fui
cuidar do domingo.Só agora voltei pra tentar de novo e consegui.O anjo que eu queria veio.
E ,de novo,me abriu as portas para dentro de mim mesma.E para fora.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Prece

( imagem: nathaliadiario.blogspot.com)

-Atendendo à sugestão de minha amiga Lizete:





....Io affro questa poesia alla mia professorezza Eneyda Rosa di Fiocca,che mi permette vollare...( eu ofereço esta poesia a minha professora Eneyda Rosa di Fiocca,que me permite voar....) ..


                              Preghiera por mio prossimo minutto di vitta



                  Io chiedo
                  gioia negli occhii
                 per consolare.
                  Speranza nel cuore
                  per caminare.
                  Luce nelle mani
                  per allegrare.
                  Forza di vollonttà
                  per creare.
                  Amore nei gesti
                  per accarezzare.
                  Fede nel'essere umano
                 per rinascere.

                 Io gradisco
                  la gioia
                 la speranza
                  la fede
                  l'amore
                 la luce
                  - pieni nel mio cuore -
                  per andarci d'incontro,
                  miei fratelli.

 ( Prece para meu próximo minuto de vida: eu peço/ alegria nos olhos para consolar/esperança no coração para caminhar/ luz nas mãos para alegrar/força na minha vontade para criar/amor nos gestos para acariciar/fé no ser humano para renascer/ Eu agradeço: a alegria/a esperança/a fé / o amor / a luz - plenos em meu coração - para nos encontrarmos,meus irmãos.)

-Maria Neusa em 2004-





 

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Mini conto: GRAZIE TUTTO!

 ( imagem: visaodigital.org.)



Ela conhece o medo que o Filho tem de avião.Ela tem esse medo também.Mas como Ela,Ele enfrenta o medo de frente.
Toda quarta-feira Ele vai a Sampa- Usp- e volta por um caminho mais longo: Sampa-BH - UDIA.Toda quarta-feira Ela acende uma vela pela
manhã e a apaga depois da meia-noite: Ele já chegou em casa.Há 15 dias,Ela não apagou a vela,que estava no finzinho.Amanhã a substituo,pensou e foi dormir.
Ontem, ao conversarem pelo telefone,Ele contou: há quinze dias houve um contratempo: chuva demais e aeroporto do Confins sem teto.Chegou em casa às três e meia da madrugada.Ela se despede ,sorrindo.A  vela acesa acompanhou-o até em casa....grazie tutto!
 

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Vontade

( imagem: cidadevigiada.blogspot.com)

"EMERGE  E  VOE.
DESPERTE  E  DANCE."


-Minha vontade para 2012: despertar e dançar.Pois voar eu já consigo!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Carta para meu filho caçula


                              ( imagem: gehspace.com)

Filho:

Há três anos você me disse: mãe,vou fazer mestrado na França.E eu o apoiei,pensando num futuro distante.Mas só faltavam menos de quatro meses para você embarcar.Engoli em seco e te disse: Vá com Deus.
Quase três anos depois ,você veio passar suas férias no Brasil.E com alegria e gratidão vi que meu" menino "se transformara em um adulto,com suas características preservadas: responsabilidade,planejamento,racionalidade,alegria e amorosidade.
Os momentos que dividimos- você e minha norinha- foram quase sempre alegres.Os tensos,conversamos e nos entendemos.Estou firme no que combinamos e quando quero "recair" me lembro de sua tenacidade e digo pra mim mesma: eu consigo.
Estou planejando vê-los em Lyon,em 2012.Se Deus quiser e Ele quer,poderei abraçar você e minha norinha.E  construiremos mais um pedacinho desse caminho ,que trilharemos juntos.
Beijos amorosos  e gratos da sua mãe.

Ps- Achei essa frase,para nossa reflexão: " Esperança é uma virtude de quem não tem medo de começar de novo."

Maria Neusa em novembro de 2011

Carta para meu filho mais velho

( imagem:progamamomentoscomjesus.com)

Filho:

        Só uma palavrinha não diria tudo o que eu gostaria de te dizer.Então procurei e achei essa frase de Rainer Maria Rilke:"E eu ainda não sei se sou falcão,uma tempestade ou uma grande canção."
        Eu sei que você é falcão no seu espírito de luta,de procura,de fazer acontecer aquilo em que você acredita.
        Eu sei que você é uma tempestade quando segue seus instintos e seus sentimentos.E escurece,troveja mas depois cai,refrescante.
        Eu sei que você é uma grande canção quando me olha,quando conversa comigo como se em todos os dias estivéssemos juntos,quando me abraça,sem julgamento.
        As duas últimas horas que passamos juntos foram alento e alegria.
E outras virão,eu sei.
        Só queria te dizer que te amo muito.E me orgulho do ser humano em constante evolução que você é.
         Beijos amigos e orgulhosos da sua mãe.

Maria Neusa em março de 2011







terça-feira, 22 de novembro de 2011

Viver...

   ( imagem: www.apenasoladodavida.blogspot.com)

"VIVER É TÃO GOSTOSO,TÃO CURTO,TÃO POUCO E TÃO INÉDITO."
- Roberto Freire-

_Por isso nunca ensaio,vivo o aqui e o agora.E amo a VIDA!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Exercícios

 ( imagem: www.bricandoderimar.blogspot.com)


"Não sobrecarregues os teus dias com preocupações desnecessárias, a fim de que não percas a oportunidade de viver com alegria."
-André Luiz-

- Dizem que noventa por cento das nossas preocupações não acontecem.Então,xô!!!
Vamos fazer o exercício da alegria.E da gratidão.

sábado, 12 de novembro de 2011

Tentativas

                ( imagem: www.sejaconvocado.blogspot.com)

"SEMPRE QUE ANDAMOS PELOS MESMOS CAMINHOS DEIXAMOS DE CONHECER NOVAS POSSIBILIDADES."

-Sempre tento mudar os caminhos cotidianos.À vezes me pego repetindo inconscientemente e penso: quem sabe ainda não esgotei as possibilidades desse caminho?Otimismo e esperança me movem,sempre.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Rita Apoena

   ( imagem: www.overmundo.com.br)

Anúncio para solitários

Procura-se um amigo sozinho
de andar discreto e gesto silencioso.
Procura-se desesperadamente um amigo
que saiba se aproximar
de um passarinho.
Rita Apoena

-Aproximar-se de um passarinho e admirar suas asas,azuis e livres.Suspirar e acreditar: uma amigo com esse gesto existe.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Bruxa Maria

                 ( imagem: www.culturamix.com)

Ela não mora em um castelo abandonado, cheio de teias de aranhas e criação de morcegos. Ela mora em um pequeno apartamento de uma grande cidade. É uma Bruxa contemporânea. Usa bicicleta em vez de vassoura, se veste com roupas coloridas em vez de preto, usa o Google em vez de bola de cristal, usa um piercing em vez de verruga no nariz e em vez de um gato tem um cachorro negro.
De resto é uma bruxa como as outras. Transforma príncipe em sapo, carruagem em  abóbora. Como toda bruxa adora alquimia, mas não aquelas velhas receitas fumegantes de misturar rabo de lagartixa com olho de dragão.  A Bruxa Maria gosta mesmo é de misturar cores. Dizem que no dia em que a magia está à flor da pele ela consegue modificar até as cores do arco-íris.  
Tem uma prateleira na janela em vez de cortina. Esta prateleira é cheia de garrafas coloridas, que refletem vários raios de luzes multicores.  Ela não conta para ninguém, mas copiou a ideia, das garrafas coloridas, da casa de grande poeta. Pois em noites de lua cheia, em segredo visita artistas e poetas, porque segundo ela estes seres são mágicos, embora usem disfarces.
Mas no dia do Halloween, a Bruxa Maria abre seu antigo baú de bruxa. Coloca asas de morcego, liberta aranhas, coloca no céu uma Lua nova, no bolso uma floresta escura e a velha máscara de coruja da sua bisavó. Segue  a tradição de seus ancestrais e sai para se divertir. Afinal bruxa é sempre bruxa, mesmo que de vez em quando se confunda com uma fada. 

Mariacininha-





-Essa é minha amiga-virtual.Cria colagens belíssimas e descobri,recentemente,que escreve textos delicados e deliciosos.Pedi permissão e ela consentiu: dedico esse texto para todas as bruxas-marias...às vezes fadas!





sábado, 5 de novembro de 2011

Conflito




( imagem: www.coimbrao.fotosblogue.com)

À la-garta

Roupas cinza  nunca mais
nem aventais uniformes
             ou fardas

Agora eu só uso
                   asas.

-Líria Porto in Livro da Tribo 2011
 
- Sempre as senti dentro da pele de meus ombros.Mas asas são difíceis de nascerem.Às vezes sinto que cresceram,alvas e belas,rumo ao céu.Mas meus pés nunca se libertam do chão. Mas eu ainda não desisti: vou voar!
 

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Morte


 ( imagem: www.luaetcetal.blogspot.com )

"Silenciosa madona da tristeza,
A morte abriu-me as catedrais radiosas,
Onde pairam as formas vaporosas
Do país ignorado da Beleza.
Num dilúvio de lírios e de rosas,
Filhos da luz de uma outra Natureza,
Que entornavam no espaço a sutiliza
Dos incensos das naves harmoniosas!
Monja de olhar piedoso, calmo e austero,
Que traz à Terra um tênue reverbero
Da mansão das estrelas erradias...
Irmã da paz e da serenidade,
Que abriu meus olhos na Imortalidade,
À esperança de todos os meus dias!"

Chico Xavier

- Não morre quem em outras pessoas vive.Eu acredito.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Dia D

(Imagem: www.algumapoesia.com.br)

"Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo."

Carlos Drummond de Andrade
-Hoje,quando comemoramos a data de seu nascimento,procuramos por nossos versos prediletos.
Esse é o meu!
 
 

sábado, 29 de outubro de 2011

Vou mas volto...

  ( imagem: www.enviarereceber.blogspot.com.)

" VOU EMBORA PRA PARSÁGADA"...

Mas voltarei..rsrs...bom findi a todos...

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Kahlil Gibran

( imagem: www.movmarina.com.br)


“Vossos filhos não são vossos filhos.
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos,
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.
O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força
Para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria:
Pois assim como ele ama a flecha que voa,
Ama também o arco que permanece estável”
Khalil Gibran
- Recebi esse poema de minha norinha Alessandra.Ser arco para nossos filhos é uma aprendizado diário 
e difícil.Nossa alegria é vê-los enraizados e voando.Livres.

domingo, 23 de outubro de 2011

Resiliência

    ( imagem: cotidianoinsano22.wordpress.com)

"  E eu descobri que a vida me daria tudo
   Se eu não deixasse o medo me apagar no escuro"
- Tiê-

- Meu medo nasceu antes de mim.É uma herança ancestral.Minha luta diária é acolhê-lo e apesar dele
experimentar tudo que me é dado viver.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Poesia

     ( imagem: www.perdidosteia.blogspot.com)


"A poesia é voar fora da asa!"

-Manoel de Barros-

_Se a Poesia pudesse ser definida,essa seria minha definição,por acreditar no voo.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Clarice Lispector

    ( imagem: 4bp.blogspot.com)

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento..."

-Insistimos em entender quando deveríamos mergulhar e nos render.... 

domingo, 16 de outubro de 2011

Indignação!

 ( Imagem: physicistxv.blogspot.com)

MANIFESTAÇÕES

Hoje, 15 de outubro, Indignados de todo o mundo pedem mudanças em todas as áreas. São 952 cidades de 85 países.É mais do que um grito, é um clamor. Antecipam um mundo sem fronteiras, realmente aberto para todos, sem passaportes e sem as imensas crueldades e diferenças sociais. Antecipam um mundo com mais compaixão e cuidado com o outro, o diferente. Pela primeira vez na Espanha, Madrid e Barcelona se unem.Pela primeira vez no mundo há um protesto global.
Os nossos conceitos estão velhos. Direita e esquerda não existem mais . Teremos que inventar novas palavras para o mundo que desejamos. As palavras que saem da boca dos políticos estão mortas como pássaros mortos. Nossos políticos estão vazios, não nos representam. Hoje tenho orgulho de ser humana.
- Roseana Murray- postado em seu blog no dia 15 de outubro de 2011-

-Copio aqui o que escreveu essa poeta-maior.Eu não conseguiria dizer tanto e tão bem.Peço licença a ela para assinar embaixo.

sábado, 15 de outubro de 2011

Flexibilidade!

( Imagem: www.dancamentos.blogspot.com )

" Indivíduos flexíveis não chegam a construir verdades absolutas.Permanecem abertos e conectados aos movimentos da vida,adquirindo novas ferramentas e formas de expressão."
 

-Ana Lúcia Faria,especialista em psicoterapia reichiana e análise bioenergética-

-Sair da rigidez das verdades absolutas e se abrir para os movimentos da Vida: eis uma boa reflexão!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Eu acredito!

     ( imagem: www. marciafernandes.com.br)


'' TODO SER HUMANO É FUNDAMENTALMENTE BOM E FEITO PARA A FELICIDADE."

-D. HÉLDER CÂMARA -

- Bom acreditar que somos assim: bons e prontos para os momentos felizes.Eu acredito!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Espelho

( imagem: www.pedaloucas.zip.net )

"Por fora tenho tantos anos que você nem acredita; Por dentro, doze ou menos, e me acho mais bonita.
Por fora, óculos; algumas rugas, gordurinhas, prata nos tintos cabelos; Por dentro sou dourada, alma imaculada, corpo de modelo.
Por fora, em aluviões, batem paixões contra o peito; Paixões por versos, pinturas, filosofia e amigos sem despeito; Por dentro, sei me cuidar, vivo a brincar, meio sem jeito.
Não me derrota a tristeza;
Não me oprime a saudade;
Não me demoro padecente;
E é por viver contente que concluo sem demora:
É a menina que vive por dentro, Que alegra a mulher de fora!"

_Roubei,mesmo sem saber o autor e sem pedir licença. Me reconheci nesse espelho.

 

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Sem comedimento

     ( imagem:www. soniaartesanato.blogpost.com.br)


" A bondade tem vida própria. Beneficia quem é alvo do gesto amoroso tanto quanto quem afaga seu semelhante.E assim,vai longe,transformando pessoas e situações em rastilho de pólvora.
  Sirva-se do Bem sem comedimento.
  Seja mais um ela dessa poderosa corrente."
- Raphaela de Campos Mello-

-Sempre fui seduzida pelo não comedimento.Acertando,errando e aceitando as consequências.O Bem  é mais um elo na minha corrente descomedida.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Como um raio....

      ( imagem: fotosbonitas.com.br)

"Transformar hábitos é como treinar um cavalo selvagem!"

_ Carta do tarô, que tiro quase toda manhã.Essa caiu como um raio!Prefiro acolhê-lo como raio de luz e incentivo!

sábado, 8 de outubro de 2011

Guillaume Apollinaire

   (Imagem: sonhosdedebby.blogspot.com)


"Venham até a borda, ele disse
Eles disseram: Nós temos medo
Venham até a borda, ele insistiu
Eles foram
Ele os empurrou
E eles voaram."

-O medo que paraliza.O vôo que liberta.Preciso,às vezes, de um empurrão.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

O coletivo


“O que é tão grandioso tornar-se um ser humano? Assim, nós entendemos uma coisa, que os seres humanos têm capacidade de fazer algo, algo grandioso para o coletivo, para as pessoas que estão em volta deles, para a sociedade na qual eles vivem. E isso por si mesmo tem nos dado a ascensão dentro de nós para esse despertar, pois nós temos que descobrir uma maneira e um método pelos quais nós façamos coisas para o coletivo, para o resto do mundo. É muito, muito evidente, essa consciência de que não podemos viver sozinhos, deve haver algum tipo de conexão com o todo, e nós devemos descobrir essa conexão através da qual nós podemos realmente espalhar a bondade, a virtuosidade, a bem-aventurança da paz.”
S.S. Shri Mataji Nirmala Devi, Inglaterra, 07.08.1984

-Buscar a conexão com o todo e trabalhar em mim e depois no coletivo a bondade,a virtuosidade e a bem-aventurança da paz.Um desafio diário que persigo. Namastê!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

São Francisco de Assis

      ( imagem: paroquiasãofranciscodeassis.org)

Hoje é dia de São Francisco de Assis..o Padroeiro da Natureza e dos Animais...
 
Oração de São Francisco de Assis
Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna
 
-Eu admiro esse Homem e o respeito.E tenho a esperança de estar me transformando num ser humano melhor quando rezo essa oração e no meu coração,desejo cumpri-la.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Chove! E meu coração canta....

   (   Imagem: sivirinaxikxik.blogspot.com)


"Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol.
Ambos existem; cada um como é. "

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando Pessoa


-Depois de mais de quatro meses de seca,meu coração canta,ouvindo a chuva mansa que cai.E sou grata.

domingo, 2 de outubro de 2011

Bazar

      ( Imagem: blog.antesdeparis.com.br)

Uma amiga me pediu que escrevesse sobre essa minha primeira experiência: selecionar  minhas coisas mui queridas e colocá-las  à venda: o sábado estava ensolarado e quente.Mal acordei comecei a espalhar as coisas a serem vendidas: bijus, livros,sapatos,bolsas e roupas.Dez amigas ( incluindo minha irmã do meio,que passou o dia comigo,segurando minha mão) vieram e se esbaldaram.Quando no meio da tarde pensei: terminou! o interfone tocou: uma amiga de uma amiga!Viu ,gostou e comprou  um livro pro marido e uma bolsa pra ela!Ufa! Antes de dormir fui fazer as contas: quase  novecentos reais em trocas de dívidas ,em parcelamentos e dinheiro vivo.Agradeci a meu filho caçula e a minha norinha: minhas dívidas( imensas!!) agradecem também.Doeu,é claro,esse exercício de desapego..( além de compulsiva,sou apegada!!)Prometi fazer outro no início de dezembro.Depois eu conto como foi...

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Só e acompanhado!!!!!


    "O livro traz a dupla delícia de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado."
-Mário  Quintana-

-Quando meu notebook vai pra Oficina pra revisão,eu me volto para meus livros ainda não lidos.E eles me recebem de volta sem ciúmes.E eu prometo retribuir a companhia deles,sempre.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Para todos os avós

  ( Imagem: www.portaldafamilia.org.)



Para todas as avós e todos os avôs 


A CASA AMARELA DA VOVÓ
(Quem quiser que invente, aumente e conte outra vez)

          JG foi apresentado à casa da vovó quando ainda era bem pequeno. Mas, aos três anos já sabia que aquela era a “casa amarela da vovó”, onde passava sempre parte de suas férias. Era uma casa cheia de surpresas. Aos seus olhinhos tão curiosos parecia mesmo mágica. De verdade, não era toda daquela cor, apesar de um amarelo forte predominar no muro, na lateral e na frente da casa. As grades e portões eram brancos e nas janelas havia também um azul marcante, mais para o roxo. Além do colorido das flores que embelezavam as floreiras na frente da casa.
          O quarto em que JG dormia com a sua mamãe era especial: além de muito grande, com espaço até para correr, possuía uma pintura bem extravagante em uma de suas paredes. JG ficava extasiado com tantas cores e figuras: um sol bem grande e todo risonho, barco, estrelas, balão, baleia, bandeira do Brasil, borboleta, gato, peixes, uma bruxa em sua vassoura, joaninhas... Ali parecia caber qualquer coisa da imaginação! O melhor de tudo era saber que havia sido pintado por sua mamãe quando criança...  Para completar, ainda havia a imensa gaivota de madeira que pairava imponente e silenciosa bem acima do berço em que ele dormia.
         No fundo da casa, tinha a varanda. Mas, que varanda! Toda fechada com janelas de vidro e com uma imensa mesa de madeira e dois bancos que mais pareciam grandes barcos. E, para alegrar ainda mais o lugar, várias coloridas araras de madeira dependuradas no teto. Mas, o melhor mesmo era o assento reservado para o JG.  Vovó tomou um quadrado inteiriço de madeira e pintou cada uma de suas seis faces de uma cor. Toda vez que fosse se sentar, JG escolhia a cor preferida. Era uma festa: uma hora, o azul; depois, o verde; não, queria o rosa; quem sabe, o vermelho, o amarelo, ou o alaranjado ? Foi uma forma criativa que vovó encontrou para fazer JG se interessar pelas refeições.
          O quintal ao lado da casa, então, era onde quase tudo era permitido. Às vezes, o almoço era no quiosque, cercado de plantas. No gramado, podia-se jogar bola, arremessar os aviõezinhos de papel feitos pelo vovô, ou construir uma fazenda imaginária com restos de madeira, alguns brinquedos e qualquer outra coisa que servisse para imitar animais. Além, é claro, de construir estradas na grama para a passagem dos tantos carrinhos. Era, também, o espaço compartilhado com a Flora, uma velha cadela mestiça e muito peluda, e com a Jennie, uma simpática e muito amistosa gatinha preta e branca. Horta, jabuticabeira, flores, passarinhos, ipê roxo, mexeriqueira, coqueiros; o quê mais era preciso? JG se divertia com tantas descobertas...
         Era mesmo de não se esquecer. De volta à sua casa em Natal, JG tinha sempre na memória a felicidade dos dias passados na “ casa amarela da vovó “.( Jovino Moura Filho)

_Recebi essa crônica de uma  amiga,com um recado junto: texto escrito por  seu amigo de infância.Fiquei tão emocionada que resolvi postá-lo aqui ,provocando todos os avós: escrevam para seu netos contando das experiências vividas juntos.Eu escrevo cartas para os meus dois netinhos desde que nasceram: tesouros valiosos hoje e no futuro .

Maria Neusa em setembro de 2011

sábado, 24 de setembro de 2011

Um presente

( Imagem: www.mundodeflores.com)

"Lá se foi agosto
se foi a gosto
não me lembro
só sei que tinha flores
e era setembro."
-Líbia de Oliveira-

-A autora desses versos é uma jovem senhora de 62 anos que os escreve e os coloca num cartaz no portão da sua casa.Um presente para quem passa por lá e aprecia seu talento  de fazer de cada  dia um  instante poético.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

No seu aniversário,amiga....

Quando a conheci eu já estava em Lavras há uns bons 6 anos,formando família.Veio pelas mãos do meu ,na época ,marido: eram colegas de profissão e estudos.
Somos tão diferentes:água e vinho.Mas como todos bebem do vinho e depois da água,acho que foi essa nossa química.Ela,um vinho tinto encorpado de sonhos,de coragem para fazer ações de mudanças políticas.Foi com ela que aprendi a arte da gentileza.Tentei,em troca,lhe mostrar como o egoísmo às vezes é necessário: cuidar de nós mesmos para,quem sabe,poder ajudar aos outros.Mas Ela não aprendeu: continuou no seu caminho solidário,se esquecendo dela mesmo.Nossa convivência poucas vezes não foi pacífica: divergências de opiniões e minha "Braveza".Hoje ,no dia de seu aniversário,depois de termos nos falado por telefone,eu descobri que gostaria de conviver mais de perto com Ela,agora que sou "uma sábia anciã" e me despi de todo orgulho e raiva.Mas nossos caminhos são outros: uma rodovia federal e duas horas nos separam.Gosto de acreditar que o tempo que foi nosso foi bem vivido.Gosto de me lembrar dela com carinho e amizade,e às vezes chorar de saudade.Sou grata por saber que Ela se encontra lá,ao alcance de meu coração.E de minha disposição de andar ao seu encontro.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Metamorfose

( Imagem: site: gaivotaacademia.com.br)

"Metamorfose:uma possibilidade borboleta que habita o mundo todo."
-Adriana  Falcão -

São seis mulheres de mais de sessenta anos.Toda terça-feira e quinta-feira se encontram na academia para 50 minutos de hidroginástica.Difícil  levantar e chegar aqui,uma fala,mas quando  entro na água tépida esqueço minhas dores físicas.Outra sorri: minha depressão se dilui junto às nossas risadas.Receitas e piadas são trocadas.Uma história que emerge do passado ali,uma lágrima acolá.Com o passar dos minutos ,a metamorfose: são jovens de 60 anos quando saem da piscina e voltam pra casa,lépidas e cheias de esperança.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Novas amigas

                                       ( imagem : caminhodagracabroxo.spaceblog.com.br)

           " Encontro: reunião formada pelo que procurava,pelo achado e pelo acaso."
- Adriana Falcão -


- Acredito em acaso,em achado e em encontro.E tudo isso bateu a minha porta,ontem,numa tardezinha de domingo.E em volta de uma mesa  com café ,bolo e uma boa conversa, eu recebi a Vida, com meus braços acolhedores e amigos.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Manoel de Barros


      "Quem anda no trilho  é trem de ferro
        Sou água que corre  entre as pedras:
         Liberdade caça jeito."

- Difícil caminho esse entre trilhos...ser água entre pedras,meu maior desejo e treino.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Triste sim!!!!

- FRASE TRISTE DO DIA -SAIU NO JORNAL ESPANHOL EL PAÍS.

“Que país é este que junta milhões numa marcha gay, outros milhões numa marcha evangélica, muitas centenas numa marcha a favor da maconha, mas que não se mobiliza contra a corrupção?” (Triste ler isto, escrito por um estrangeiro, que, com toda propriedade e elegância, pôs o dedo em uma ferida que nós brasileiros não queremos ver.)

 VAMOS NOS MOBILIZAR AO MENOS VIRTUALMENTE E ESPALHAR ESTA FRASE PARA TODOS OS NOSSOS CONTATOS?

-Recebi de uma amiga e estou repassando,uma das minhas maneiras de me mobilizar contra a corrupção em nosso país.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Otimismo


               " Estas são as mudanças da alma.
                 Eu não acredito em envelhecimento.
                 Eu acredito em alterar para sempre
                 o aspecto de alguém para a luz.
                 Eis meu otimismo."
       - Virginia Woolf -

-Li esses versos há semanas , me impressionaram muito,talvez por eu conhecer a vida  dessa poeta ou talvez por ser tão otimista e acreditar ,como ela, que estou alterando meu aspecto para a luz,a cada dia.

domingo, 11 de setembro de 2011

Curiosa!!!


Minha lâmpada
de lua
não estoure,
por favor,
este é o último

-Prometo-

Segredo de amor.


Gloria Kirinus, Lâmpada de Lua, ed. Larousse Junior
-Li no blog da poeta Roseana Murray esse poema dessa autora peruana,que eu desconhecia.Pedi permissão para postá-lo  aqui.Quero  ler o livro todo ...estou curiosa: o que mais pode estourar uma lâmpada de lua???

sábado, 10 de setembro de 2011

Intenção


        "Essa tal razão
         que vem com a idade
         que vem da felicidade
         ( ...)
         Pois a vida diz
         que não tem tempo
         que o amor é coisa de momento
         é quando rola um turbilhão
         Todo coração tem movimento
          o que pra mim
          já é uma intenção."

- João Bosco-

- A intenção do momento no movimento do coração.Esse cantor-compositor é um gênio!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Um país de famintos


         "Frequente a escola,desamparado!
         Persegue o saber,morto de frio!
         Empunha um livro,faminto.É uma arma!"

-Bertold Brecht-

- Somos um país de famintos...de comida..de cultura..de prazer e de arte.
E um livro é uma arma eficiente mas inacessível para a maioria.
Meu coração chora.